O Direito não socorre aos que dormem

Você certamente já ouviu este brocardo jurídico Dormientibus non succurit jus, em bom português: o direito não socorre aqueles que dormem.

Aliás, brocardo que muito bem está representando no primeiro mandamento da advocacia de Eduardo Couture: Estuda: O direito se transforma constantemente. Se não seguires teus passos, a cada dia será menos advogado. Inclusive, sobre o mandamento, já escrevi a respeito, leia aqui.

O que este brocardo nos traduz hoje em dia?

Em plena época de que a tecnologia muda a cada dia, temos coisas novas acontecendo a cada momento, no direito então, temos processo eletronico, as petições e o direito como um todo informatizado, temos muita padronização e pouco pensar, aliás.

Neste cenário de muita mudança e pouco pensar, o que fazer?

O ditado responde: Não podemos dormir para esta realidade.  Temos que abrir os olhos e ver que ficar como está não nos levará a lugar algum.

Alguns pontos importantes:

A tecnologia muda muito, como fazer?

Primeiro, analisar que tecnologia somente é boa se for útil. Comprar tecnologia apenas porque é nova ou foi lançada ou alguém falou que era bom é botar dinheiro no lixo. Tecnologia será útil se a gestão do teu negócio se aplicar dentro da tecnologia e não o contrário.

Mudar o seu negócio porque comprou um software? Tá maluco? Primeiro procure um software que se adapte a sua gestão e mais, somente vale a pena mudar a gestão pela tecnologia se a sua gestão não vale a pena.

Pense na tecnologia como algo que faz mais, mais rápido, com menos erros. Bonitinho, deixa para os recursos humanos decidirem. Tem que ser funcional!

O que é gestão na sua vida?

Algo que você sequer sabe o que é? Como você organiza o seu tempo? Parece que o dia tem menos tempo do que você gostaria?

Gestão é mais do que apenas organização, padronização e tempo. Gestão é mudança. Gestão é aprender a fazer mais com o mesmo.

Não é simplista, apesar de ser simples.

Pense e aprenda mais sobre gestão. O direito sem gestão é acéfalo.

Como você vive o processo eletrônico?

Tudo bem, a utilização do processo eletrônico em todo Brasil está em cerca de 13%, quase nada perto do manancial que deverá utiliza-lo em breve. Você pode achar que isto vai demorar, que não precisa se preocupar, por aí vai… Ledo engano.

Quanto mais cedo você compreender, se preparar, entender que não basta uma certificação digital, não basta um escaner bom, não basta internet rápida… Você precisa de gestão, precisa de tecnologia e precisa parar de pensar que o direito está restrito a peticionar…

Aliás, pensar que estudou tanto, anos numa faculdade, para ser apenas um escritor de palavras para um juiz… Sinceramente, não há como compreender a advocacia desta forma!

Enfim,

Se você pensar que não precisa mudar, porque já sabe peticionar, ganhou alguns processos na vida e tem dinheiro, paciência, o futuro pertence aqueles que sonham e realizam seus sonhos.

Aqueles que apenas sonham, o direito não socorre…

E se você até agora não entendeu isto, vamos colocar de uma maneira mais coloquial: Camarão que dorme a onda leva…

Pense nisto!

______________________________________________

Artigo escrito por Gustavo Rocha – Sócio da Consultoria GestaoAdvBr
www.gestao.adv.br  |  gustavo@gestao.adv.br

Anúncios

Marcado:, ,

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s