Paixão e trabalho… Sinônimos?

“Existe um único antídoto para a falta de tempo. Um único.
Estar apaixonado.
Esquecer de si para inventar o desejo.
O desejo transforma-se no próprio tempo.
Tudo é adiado.”

– Fabrício Carpinejar.

 

Esta frase resume bem o que penso acerca do trabalho no meu dia a dia.  Claro, não podemos confundir o esquecer tudo, com esquecer de si, mas o contexto real do verso é: Estar apaixonado é gerir melhor o nosso tempo.

Como assim?

Sempre reclamamos que não temos tempo, que mal dá pra cumprir todas nossas atividades e já se foram mais de 10 horas de trabalho todos os dias…

O tempo não engana ninguém: São 24 horas, todos os dias.

Agora, quando gostamos do que estamos fazendo, fazemos mais rápido e principalmente elegemos esta tarefa como prioritária.

Grande parte da perda de tempo está relacionada a fazer algo que não gostamos e não nos empenhamos, portanto, em fazer, porque na maioria das vezes iremos priorizar aquilo que gostamos de fazer.

Se você gosta de atender clientes e não é muito chegado em escrever, se tem um prazo, ele ficará na mesa até a véspera ou o dia do prazo, pois você estará priorizando o atendimento, que é a sua paixão.

Por esta razão, você deve estar atento não apenas ao que gosta de fazer, mas ao que é realmente sua vocação. Se você está numa função errada dentro do escritório, seu desenvolvimento será menor. A sua função e suas atribuições diárias devem representar a sua aptidão.

Lógico, óbvio, ululante e também diáfano que nem todas as tarefas que fazemos são aquelas que gostamos. Algumas, são ossos do ofício. Agora, se você passa o dia todo fazendo somente o que não gosta, algo está errado. Melhor repensar o seu trabalho.

A paixão por aquilo que fazemos e representamos deve estar em mais do que nosso peito e mente, deve estar nas nossas atitudes.

Se você é advogado e vive ridicularizando os advogados, porque não escolhe outra profissão? Lembre-se do 10º Mandamento do Advogado escrito por Couture: Ama a tua profissão. Trata de considerar a Advocacia de tal maneira que no dia em que teu filho te peça um conselho sobre o seu destino, consideres uma honra para ti propor-lhe que se faça Advogado! (leia um artigo sobre este mandamento aqui).

Se você faz prazos, atende clientes, busca novos clientes, organiza a parte administrativa, vai ao fórum, faz audiências, enfim, se você busca no seu dia a dia ser o melhor em prol da justiça, você está na profissão certa. Agora, aqueles que pensam que advocacia é sinonimo de dinheiro, esqueçam. Aliás, nenhuma profissão o será, porque não tem dinheiro no mundo que pague a sua realização pessoal. O mesmo vale para aqueles que buscam no concurso público apenas o retorno financeiro. Será muito mais difícil conseguir, pois se o sonho fosse o cargo e suas atribuições, a paixão por aquele sonho iria mover céus e terra para acontecer. Dinheiro é muito pouco para isto. Lembre-se, dinheiro é conseqüência e não causa.

Você ama o que faz? Você se dedica com paixão as coisas que tem no seu dia a dia?

Isto irá gerar tempo para você, pois quando estamos apaixonados, nosso cérebro, mente e corpo se voltam a paixão para realiza-la, então, sua produtividade será muito maior…

Pense nisto. E mais: Ame. Ame muito a sua profissão…

______________________________________________

Artigo escrito por Gustavo Rocha – Diretor da Consultoria GestaoAdvBr
www.gestao.adv.br |  gustavo@gestao.adv.br

 

Anúncios

Marcado:, ,

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s