Trabalhar em casa. É possível?

Por óbvio, lógico, diáfano e ululante, nem todas as profissões permitem o trabalho em casa, mas em algumas já temos esta realidade presente.

Uma recente pesquisa demonstrou que cerca de 30% dos que trabalham em casa aumentam seus índices de trabalho, reduzindo problemas bem comuns nas empresas. Destacamos parte da entrevista: (leia a reportagem completa aqui)

 

Trabalhar de casa ou de qualquer lugar que não seja obrigatoriamente dentro da empresa é vontade de muitos profissionais. O trabalho remoto é positivo tanto para os profissionais como para os empregadores.

Um levantamento realizado pelo Cetel (Centro de Estudos de Teletrabalho e Alternativas de Trabalho Flexível), da BSP (Business School São Paulo), com 75 empresas que aderiram à modalidade, revelou que 32% dos entrevistados apresentaram indicadores positivos relacionados ao trabalho.

Os empregadores perceberam melhora em indicadores como qualidade de vida, ganho de tempo, flexibilidade, melhorias na saúde, diminuição do estresse e valorização pela confiança depositada.

As empresas que aderem ao trabalho remoto apontam ainda redução no absenteísmo (32,1%) e da supervisão presencial (25%), retenção de talentos (24,1%), dedicação do profissional (24,1%), inclusão social (24,1%) e aumento da produtividade (22,2%).

Sem adentrar nas questões trabalhistas ou unicamente de trabalho em si, vamos focar esta reportagem na pergunta título do post: Trabalhar em casa. É possível?

A resposta é sim, é possível. E, inclusive, dentro da advocacia.

Se o trabalho a ser desenvolvido for de produtividade (fazer peças) num escritório de contencioso de massa, por exemplo, a produtividade em casa pode útil ao escritório. Basta que o escritório tenha pelo menos um elemento: Tecnologia.

Com um software on line (web) e algumas ferramentas como email, escaner e dropbox, o escritório e seus funcionários em casa podem trabalhar com muita tranqüilidade. Basta, por óbvio, ter gestão em todo este processo.

Aliás, a resposta da pergunta título será completa se for: Sim, é possível, desde que com gestão e tecnologia.

Você precisa ter fluxos organizados de envio e recebimento, controles de produtividade para não haver o desperdício de tempo, tecnologia para enviar e receber os prazos e documentos para produzir, enfim, uma gestão de integração casa e trabalho, trabalho e casa.

Você já pensou em trabalhar em casa?

______________________________________________

Artigo escrito por Gustavo Rocha – Diretor da Consultoria GestaoAdvBr
www.gestao.adv.brgustavo@gestao.adv.br

 

Anúncios

Marcado:,

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s