Smartphone, notebook, tablet ou computador?

Quando pensamos em qual a tecnologia do futuro, o primeiro pensamento é em um computador, afinal, computadores já são uma evolução, certo?

Será mesmo?

Os computadores se popularizaram a partir de 1995, tendo um ápice cultural no final da década de 90, com o advento da internet.

Com os anos 2000 tivemos um incremento de notebooks, depois mais recentemente tablets (a exemplo do Ipad e outros) e mais ainda dos smartphones, como Iphone, blackberry, etc.

Inegável que os computadores são uma tremenda força de trabalho, os tablets uma ferramenta interessante de interatividade, ver vídeos, ler jornais, enquanto os smartphones já são uma revolução.

Isto mesmo. O futuro está nos smartphones. São aparelhos pequenos, mas com inúmeras funcionalidades. Aparelhos em que falar deixou de ser o atributo principal. Podemos verificar emails, estarmos conectados na internet 24 horas por dia, ver arquivos, editar arquivos, enfim, trabalhar. Por óbvio, podemos também nos divertir, jogos, vídeos, fotos, etc.

Uma pesquisa nos EUA recente demonstrou que a cultura do celular está invadindo a rotina das pessoas. Leia a pesquisa completa aqui.

Abaixo, saliento alguns pontos da pesquisa:

Uma das descobertas que chamam a atenção na pesquisa é que 35% dos usuários norte-americanos que têm smartphones acessam a internet pelo aparelho antes mesmo de levantar da cama de manhã. Os momentos mais comuns de conexão à internet pelo smartphone, contudo, são no começo da noite (65%) e no fim da noite (64%). Nem as refeições escapam: 51% acessam durante o almoço e 26%, durante o jantar.

O estudo da Ericsson também segmentou o uso ao longo do dia de acordo com o tipo de aplicação no smartphone. Os entrevistados responderam quais eram os três momentos do dia em que mais utilizam determinados serviços pelo dispositivo móvel. O acesso a redes sociais, por exemplo, acontece mais no fim da noite (34%) e na hora do almoço (26%).

Visualização de email predomina no começo da noite (25%) e de manhã (24%). Navegação em sites acontece mais no fim da noite e na hora do almoço (26% ambas). O uso de games predomina no fim da noite (28%) e no almoço (23%). Música e GPS são mais fortes de manhã, durante a locomoção para o trabalho (28% e 29%, respectivamente).

O estudo conclui que o consumidor está cada vez mais dependente de serviços na nuvem e demanda conectividade constante em outros dispositivos, além dos smartphones. 54% dos entrevistados disseram que gostariam de poder sincronizar dados de seus pendrives para seus desktops de qualquer lugar, via internet. E 51% responderam que gostariam de fazer essa sincronização com sistemas online de armazenamento na nuvem.

 

Esta realidade americana já está invadindo o Brasil… Não apenas nos smartphones, mas em todos os serviços on line.

E você? Como usa o seu smartphone?

_______________________________________
Artigo escrito por Gustavo Rocha – Diretor da Consultoria GestaoAdvBr
http://www.gestao.adv.br | gustavo@gestao.adv.br

Anúncios

Marcado:,

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s