A Mãe e a Gestão – Parte II

Ano passado escrevi um artigo chamado a mãe e a gestão, que transcrevo abaixo, pois o sentimento e a verdade nele contido são verdadeiros.

Finalizo com mais um complemento:

Neste domingo teremos o dia das mães. Uma data muito especial, afinal mãe só tem uma.

Mãe é símbolo de amor, vida e verdade.

E mãe tem tudo a ver com gestão.

Como assim?

Vejamos os adjetivos relacionados as mães: amor, vida, verdade e singularidade (mãe só tem uma).

Não são familiares estes adjetivos?

Sim! São adjetivos perfeitamente aplicáveis a empresas nos seus negócios.

Amor

Do que seríamos sem um bom relacionamento entre os colegas, um perfeito relacionamento com clientes, um respeitoso relacionamento com fornecedores?

O amor é a mola mestra de tudo. Não o amor comercial, vendido nas lojas, sentido por pessoas vazias de sentimentos por si próprias.

O amor verdadeiro que começa dentro de si mesmo e não unicamente para si.

Este amor é o caminho de uma vida saudável para si e para sua empresa. Um amor que resulte em carinho, cordialidade e verdade no ambiente de trabalho.

Vida

Vida é muito mais do que um tempo vivido nesta Terra ou uma expressão positiva. Vida lembra vivacidade. Vivacidade lembra energia, que lembra amor, que lembra que as empresas precisam de pessoas motivadas, amadas, bem resolvidas com inteligência emocional e principalmente com iniciativa. Vida, iniciativa e amor…

Verdade

Uma das palavras que sequer poderíamos pensar em não existir no mundo corporativo. Mentir não faz parte não! A verdade não pode ser um diferencial. A verdade tem que ser o balizador da conduta empresarial. Seja do funcionário, seja do líder. Dizer a verdade pode doer, mas não existe mentira que possa ser melhor que a verdade para acreditarmos nas pessoas e naquilo que elas estão representando (empresas).

A verdade pode fazer toda a diferença no momento da contratação, fixação da marca, etc. A verdade, com amor e vivacidade transformam o ambiente.

Singularidade

Mãe só tem uma… E empresas? Claro que temos várias e variadas.

Então, como a gestão e a mãe se assemelham neste quesito?

Se a sua empresa/escritório agir com amor, verdade e vida, transmitindo uma mensagem afetuosa, direta, verdadeira e com atitudes eficientes, a empresa será igual a mãe para o cliente: Só haverá uma!


Você tem alguma dúvida de que mãe, cliente e oportunidade somente temos uma?

Reflita com carinho:

Como você está cuidando neste exato momento da sua mãe?

Você liga para ela todos os dias para lhe dizer que ama?

Você conversa com ela para saber seus sentimentos e verdades?

Não?

Então você não tem perfil para cuidar de um cliente.

Para crescer você precisa saber o que o mercado pensa, o que o cliente ama, qual é a verdade do cliente.

Sua mãe precisa do seu amor e carinho. A sua empresa precisa da sua dedicação, amor e trabalho.

Beije a sua mãe e diga-lhe a verdade absoluta neste domingo: Mãe é só uma! Te amo mãe!

Na próxima segunda, trate de achar a verdade absoluta do seu cliente. É esta dedicação, vontade e voracidade que o mercado exige!!!

_______________________________________
Artigo escrito por Gustavo Rocha – Diretor da Consultoria GestaoAdvBr
http://www.gestao.adv.br | gustavo@gestao.adv.br

Anúncios

Marcado:, , ,

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s