Gestão do conhecimento estratégico

Uma interessante reportagem foi publicada na Harvard Business Review (leia na íntegra aqui) sobre o tema da perda de tempo com conhecimentos não estratégicos.

Você certamente já pensou em quanto tempo perdemos em tarefas que não são nosso foco de trabalho e que isto representa em verdade uma perda de dinheiro, tempo e tesão pelo negócio.

Se ainda não pensou a respeito, melhor começar agora. Seu negócio pode depender isto para crescer e ser sustentável.

Dois parágrafos que podem resumir o artigo:

Is your company investing in expensive knowledge management systems that are useless for making big, strategy decisions? Most companies recognize the need for knowledge management, but often delegate it to the IT and HR departments without linking it to corporate strategy, often thereby wasting both resources and the strategic options their firm’s knowledge could generate. The problem is that most current knowledge management efforts merely inventory the company’s knowledge, without parsing out the knowledge that is strategically relevant. Strategic management of knowledge focuses only on those knowledge assets that are critical to your firm’s competitive performance — from the tacit expertise of key individuals right through to explicit company-wide general principles.

Here’s how to do it: use strategic management of knowledge (SMK) maps to depict a network of critical knowledge assets in four simple steps: 1) identify the knowledge assets that drive your organization’s competitive performance; 2) map them along the dimensions we present below; 3) analyze the strategic implications of the maps; 4) strategize and plan knowledge development trajectories.

OU seja, estamos focados no core business do negócio ou estamos perdendo tempo em acessórios?

Como assim?

Se você tem um escritório de advocacia e quer ficar preocupado com impressoras, computadores, redes, firewall, etc, você está longe de estar no foco do seu negócio. Tercerizar este tipo de trabalho é uma solução inteligente. Dependendo do tamanho do escritório (principalmente pelo número de pessoas) pode necessitar um auxílio melhor e mais direto de informática, mas nada que um terceiro não possa cumprir num prazo razoável.

Faça um mapeamento das atividades que o escritório possui. Dentro do mapeamento destaque o que é realmente intrínseco ao negócio, o que é tercerizado e o que pode ser repassado a outro para fazer.

Se os seus objetivos estiverem dentro do negócio e não em acessórios, seus resultados serão igualmente proporcionais a esta dedicação.

Quer mais resultados? Foco no seu negócio!

_______________________________________
Artigo escrito por Gustavo Rocha – Diretor da Consultoria GestaoAdvBr
http://www.gestao.adv.br | blog.gestao.adv.br | gustavo@gestao.adv.br

Anúncios

Marcado:, , ,

Um pensamento sobre “Gestão do conhecimento estratégico

  1. […] This post was mentioned on Twitter by GestaoAdvBr, GestaoAdvBr. GestaoAdvBr said: Gestão do conhecimento estratégico – http://lnkd.in/kHK7rz […]

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s