Pensamento de Final de Semana: O que afeta a prosperidade financeira.

O que afeta a prosperidade financeira.

Muito se sabe sobre as causas das doenças físicas e como preveni-las. Os mais conscientes entendem que a parte emocional está intimamente ligada a uma boa saúde. Além disso, todos reconhecem a importância da alimentação e exercícios. Quando negligenciamos essas coisas, o que acontece? Uma propensão maior a desenvolver doenças. Sabemos o quanto podemos influenciar a nossa saude através das nossas ações, pensamentos e emoções. A parte financeira também deveria ser vista de forma semelhante. O “saudável” é a prosperidade, ter uma vida abundante materialmente. Uma vida plenamente saudável envolve bem estar físico, emocional e material, tudo em equilíbrio. Dívidas e outras dificuldades financeiras são como doenças que precisam ser tratadas, do mesmo jeito que conseguimos tratar doenças físicas. Tem cura pra isso!

O que está por trás da falta de prosperidade? Existem fatores que influenciam fortemente. Podemos dizer de forma resumida, que a abundância material vai depender da sua auto-estima e das crenças que ae pessoa carrega a respeito do dinheiro.
Nesse texto, vou falar de fatores interiores ao ser humano, e não de fatores externos que não temos como mudar como a economia do país, por exemplo. Por mais que existam influências externas, o grande motor da prosperidade é interior, e este quando bem regulado, pode vencer toda e qualquer dificuldade que se apresenta.

A auto-estima baixa pode atuar de inúmeras formas trazendo conseqüências financeiras negativas. Sentimentos de não merecimento, de não ser competente o suficiente, medo excessivo de arriscar, não assumir responsabilidade pela própria vida (vitimismo) e etc… Não precisa ser nenhum gênio para entender o quanto essas questões influenciam no trabalho ou nos negócios; o quanto esses sentimentos podem levar a pessoa a perder promoções (ou um  emprego melhor) ou deixar de conseguir mais e melhores clientes. Os sentimentos geram pensamentos, os pensamentos geram ações, que por sua vez geram resultados. A qualidade das ações vai depender da qualidade das emoções e pensamentos que você carrega.

As emoções negativas são muito sabotadoras e podem nos prender em algo que traz pouco retorno financeiro, bem como podem fazer com que você gaste tudo, por mais que  ganhe bem. Algumas pessoas não conseguem gerar prosperidade, já outras até conseguem ganhar muito bem mas estão constantemente em dificuldades por que gastam compulsivamente, ou porque carregam financeiramente muitas pessoas nas costas. Tudo isso é desequilíbrio, é como se fosse uma doença, e precisa ser tratado se você quiser melhorar financeiramente.

Uma vida financeira difícil é um forte indicador de problemas de auto-estima que precisam ser trabalhados. A falha da maioria das pessoas é creditar o sucesso financeiro ou a falta dele, à sorte, azar, acaso e outras coisas que fogem totalmente ao nosso controle. Assim, elas não tomam as rédeas das suas vidas, sentem-se impotentes, ou incapazes de mudar o seu destino.

Quando tomamos a consciência de que o que mais influencia é a forma como sentimos e pensamos, começamos a entender que é possível modificar tudo a partir da mudança interior. Não temos como mudar o mercado ou a economia do país onde vivemos. No entanto, mudar o nosso interior é algo totalmente acessível. Existem inúmeras ferramentas para isso. Não faltam livros, cursos e uma infinidade de materiais nessa área. Particularmente, a técnica que mais utilizo no meu trabalho é a *EFT (técnica para auto-limpeza emocional, veja como receber um manual gratuito no final do artigo) por ser simples e extremamente eficaz.

Desenvolvemos crenças negativas com relação à autoestima a partir das coisas que vemos e ouvimos da sociedade, da família, e a partir de experiências pessoais que vivemos. A experiência de uma infância pobre poderá levar o indivíduo a desenvolver crenças de que a vida é muito difícil, ou que ele não merece ou não nasceu para ser próspero. Uma criança que foi rejeitada pelos pais pode desenvolver sentimentos de culpa por se sentir como se fosse um problema, o que acaba gerando crenças que dizem “eu sou estorvo, não mereço nada de bom, se até meus pais me rejeitam tem algo de errado comigo…”. Pensamentos como esses acarretam em autopunição. Inconscientemente,  as pessoas vão fazendo escolhas durante a vida que geram dificuldades materiais.

Com relação às crenças limitantes ligadas diretamente ao dinheiro, é facil ver como elas provocam efeitos sabotadores. Somos levados a crer que o dinheiro é o causador de vários males: ganância, egoísmo, exploração e etc… Nos filmes e nas novelas, vemos aqueles vilões ricos que personificam tudo isso. O dinheiro na verdade, é neutro, e é uma ferramenta que pode ser usado para coisas boas ou para coisas ruins. Pode ajudar a criar saúde, promover a paz, ou pode financiar guerras. Mas quem faz tudo isso não é o dinheiro e sim o ser humano que está por trás dele. Dizer que o dinheiro provoca o mal, é o mesmo que dizer que um martelo provoca o mal, por que ele pode machucar e até ser usado para matar alguém. O martelo é apenas uma ferramenta, se bem utilizado é extremamente útil. Existe ainda crenças e pensamentos ligados a religião e a espiritualidade que levam as pessoas a sentirem culpa em ter ou desejar uma vida mais abundante.

Quando associamos o dinheiro a coisas negativas teremos dentro de nós um lado que o desejará bem longe. Não importa o quanto a pessoa diga que quer ter uma vida financeira melhor, pois, um lado do seu pensamento diz que o dinheiro é o causador de vários males, e, para se proteger, o indivíduo irá se sabotar.

Cuidar da auto-estima e mudar as crenças é fundamental para melhorar a vida material. É isso que fazemos ao utilizar a EFT. Acessamos os sentimentos negativos, as questões de autoestima, eventos passados que a pessoa viveu, e fazemos uma limpeza profunda na emoções guardadas utilizando a técnica. Limpamos também a energia (sentimentos) ligados as crenças limitantes, o que faz com que estas percam totalmente o sentido para o indivíduo. O resultado disso é a elevação da auto-estima e a limpeza de pensamentos contraproducentes. Assim, a pessoa se torna muito mais eficaz sem as barreiras mentais e emocionais que antes a deixam estagnada.

E quanto a você, que crenças limitantes e questões de auto-estima podem estar bloqueando a sua prosperidade? Quem quiser compartilhar experiências, ou perguntas, é só me mandar um email.

André Lima – EFT Practitioner, Terapeuta Holístico, Mestre de Reiki e Engenheiro.
EFT – Emotional Freedom Techniques – É a auto-acupuntura emocional sem agulhas. Ensina a desbloquear a energia estagnada nos meridianos, de forma fácil, rápida e extremamente eficaz, proporcionando a cura para questões físicas emocionais. Você mesmo pode se auto-aplicar o método. Para receber manual gratuito da técnica e já começar a se beneficiar, acesse: http://www.eftbr.com.br/ e solicite o seu manual. Veja também sobre cursos, atendimentos terapêuticos online e muito mais.

Anúncios

Marcado:

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s