Problemática das redes sociais

“Socorro! Meu chefe quer ser meu amigo no facebook” este é um post do Jeremiah Owyang que debate acerca de uma situação corriqueira hoje em dia: As redes sociais se transformaram num local perfeito para conhecer os candidatos e/ou funcionários.

O artigo debate a questão de um amigo dele em que o chefe pediu para ser adicionado no facebook (maior rede social do mundo, em expansão pelo Brasil, mas fortíssima nos EUA) e a resposta do Jeremiah foi muito interessante.

Ele destaca 5 possibilidades de resposta e faz um contraponto com o a posição do chefe.

Divido com vocês as possibilidades e contraponto com a minha opinião.

1. Não faça nada – Apenas ignore o pedido (o facebook não avisará a pessoa nada) e deixe assim mesmo.

2. Negue o pedido – Responda para o chefe dizendo que o facebook é apenas para familiares e amigos. Neste quesito a chance de problemas de relacionamento são grandes.

3. Adicione ele – e corra o risco de ver a tua vida exposta de forma integral. Não é o simples fato de aceitá-lo. É compartilhar com ele tudo que está sendo dividido na rede social.

4. Redirecione para o LinkedIn – exponha que o facebook é apenas para assuntos particulares e dê o seu perfil no linkedin que é para assuntos profissionais. Contudo aqui pode ficar aquela dúvida, se não sou teu amigo sou apenas chefe, o que estás querendo esconder?

5. Usar os recursos de permissão e filtro no Facebook – embora muitos desconheçam, o facebook permite filtros e demonstração de conteúdos específicos para os grupos filtrados.

A melhor alternativa segundo Jeremiah (eu concordo) é a de número 5, ou seja, aceite seu chefe, crie um grupo específico para ele e limite o que pode ser visto.

Aliás, se fizeres assim com todos os grupos que pertence, facilitará ainda mais os relacionamentos, pois os familiares verão assuntos familiares, trabalho de trabalho, etc. Sem bagunça, sem mistura de assuntos, tipo um João te chamando de traidor e Judas que só você e ele sabem da estória engraçada que levou a este apelido, mas um colega de trabalho pode até mesmo deixar de falar contigo se ler algo assim.

E se você é chefe?

Os líderes devem ter uma sensibilidade maior em relação aos funcionários. Devem avaliar bem se a relação que possuem é de trabalho ou amizade, quiçá ambos. O fato de solicitar para serem adicionados é muito mais amplo do que apenas estarem próximos. É um pedido de “estarem conectados” virtualmente, sabendo o que fazem, resultado da balada, etc. Pode ser muito mais do que um colega de trabalho quer e “pode” dizer.

As redes sociais são muito invasivas se não utilizadas corretamente. Devemos ter cuidado, principalmente se estamos na liderança de equipes.

E o que você acha disto?

Anúncios

Marcado:, ,

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s